Cirurgia Robótica: nova técnica garante precisão e rápida recuperação do paciente

Cirurgia Robótica: nova técnica garante precisão e rápida recuperação do paciente

A tecnologia é uma grande aliada da vida moderna, seja nas ações cotidianas, seja em ações mais complexas, como é o caso da medicina. Entre essas inovações, destaca-se a cirurgia robótica que permite intervenções menos invasivas que as cirurgias abertas, e conferem atuação mais segura e precisa do cirurgião.

Como o nome sugere, este tipo de procedimento é feito por um robô controlado pelo cirurgião que opera por meio de braços mecânicos. Os sistemas de última geração empregados nesses procedimentos oferecem imagens full HD do campo cirúrgico em três dimensões, que garantem a visualização da área com dimensão e profundidade.

As pinças mecânicas dos aparelhos usados neste tipo de intervenção têm maior capacidade de rotação e movimentação dentro do corpo do paciente, permitindo mais liberdade nos movimentos. Com isso, é possível alcançar com precisão estruturas do abdômen de difícil acesso.

 

VANTAGENS

Outra vantagem da cirurgia robótica é a segurança e conforto para o paciente, uma vez que o procedimento oferece menor risco de infecção, tem menos perda de sangue e, por se tratar de uma intervenção mais rápida, o tempo de recuperação também é menor.

INDICAÇÕES

No tratamento do aparelho digestivo a cirurgia robótica pode ser indicada no tratamento de hérnias abdominais complexas, de refluxos gastroesofágicos, hérnias, cirurgias bariátricas e até mesmo no tratamento de câncer.

O Dr. André Araújo, coloproctologista e videolaparoscopista, explica que a cirurgia robótica vem promovendo um avanço tecnológico progressivo na execução do ato operatório, além de levar a uma melhor visualização das estruturas a serem operadas, maior flexibilidade e delicadeza nos movimentos, trazendo assim um aprimoramento técnico no ato cirúrgico.