A Coloproctologia é uma especialidade que atua na prevenção, diagnóstico e tratamento de distúrbios e doenças do intestino grosso (cólon), do reto e do ânus.

Diversos problemas frequentemente afetam estes órgãos, sejam doenças benignas ou malignas, que exigem tratamento por meio de terapia medicamentosa ou cirúrgica.

Indicação Médica

Diversas doenças afetam o intestino (cólon, reto e ânus). Doenças comuns a este órgão são:

– Câncer de intestino grosso e reto (câncer colorretal)
– Retocolite ulcerativa
– Doença de Crohn
– Colites
– Infecções (parasitárias, bacterianas e virais)
– Síndrome do intestino irritável
– Constipação intestinal
– Diarréias crônicas
– Hemorróidas
– Fissuras e abscessos anais
– Incontinência anal
– Fístulas anorretais
– Doenças venéreas
– Prurido anal e doenças dermatológicas perianais
– Câncer de canal anal e do colorretal

Tratamentos e Exames na Proctologia

Nos últimos anos têm-se observado uma tendência de aumento do número de procedimentos pouco invasivos. Uma das grandes vantagens desse tipo de tratamento é a diminuição da dor no pós-operatório, assim como do tempo de internação.

Dentre as técnicas minimamente invasivas, podemos destacar:

THD (Dearterialização Hemorroidária Transanal): cirurgia sem cortes para curar a hemorroida;

Cirurgia de incisão única: procedimento com corte único que permite o tratamento de doenças intestinais.
No dia a dia, é comum o profissional valer-se do exame proctológico na avaliação da queixa do paciente:

Utilizado para investigação de queixas diversas relacionadas à região anal, assim como para prevenção do câncer colorretal, o exame proctológico compreende quatro ações, sendo realizado de preferência em posição genupeitoral:

Inspeção perianal: observação da pele para avaliação de possíveis lesões visíveis (doença hemorroidária externa, prurido anal, fístula anal e doenças demartológicas diversas).

Toque retal: palpação da região perianal à procura de tumores subcutâneos ou alterações na sensibilidade.

Anuscopia: avaliação direta do ânus, canal retal e ampola retal. O anuscópio (aparelho utilizado no procedimento) pode detectar doença hemorroidária, prolapso retal, câncer anal e até mesmo DST’s como o HPV.

Retossigmoidoscopia rígida: exame do reto e de parte do cólon através do aparelho conhecido como retossigmoidoscópio. O procedimento pode revelar a existência de lesões, câncer, inflamações, estenose ou malformação vascular.

Agende sua consulta com o Dr. André Araújo!